Notícias

Estudante da UJ é destaque na prova da OAB
Publicada no dia 07/06/2019 às 16h34
 Bianca Souza, egressa do curso de Direito da Unijorge, faz parte do grupo de 42 estudantes da instituição aprovados no XXVIII Exame da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB. Mas, um detalhe chama atenção: Bianca obteve nota 9,8, muito próxima à nota máxima na segunda fase da prova: 10,0.
 
Quer saber como a jovem se preparou? Confira as dicas de Bianca para mandar bem na OAB:
 
Primeira fase:
“Durante a preparação para a primeira fase, eu comprei um livro de questões atualizadas, fiz um cronograma de estudos onde todos os dias respondia em média 130 perguntas de disciplinas distintas, durante 30 dias. Na semana que antecedeu a prova, comprei uma revisão online de 5 matérias e assisti no sábado (dia anterior a prova) à revisão final. Em paralelo a isso, toda noite antes de dormir fazia uma leitura da reforma trabalhista, bem como do código de ética”.
 
Segunda fase:
“Para a segunda fase, iniciei os estudos no dia seguinte à lista preliminar, comprei um curso, e acompanhei um cronograma de estudos. A princípio, uma revisão dos principais temas de Trabalho e Processo do Trabalho, logo após, a prática das peças. Vale lembrar que esse período durou quase 45 dias. Para escolher a disciplina de segunda fase, você não deve optar pela matéria que tem menos assuntos, e sim escolher a que mais tem afinidade e sente prazer em estudar.
 
Estratégias gerais para toda a preparação:
“Para a primeira fase, foquei em 5 matérias de peso (com um grande volume de questões - escolhi: Trabalho, Processo do Trabalho, Ética, Tributário e Penal). Vale lembrar que em Trabalho e Processo do Trabalho na primeira fase de 11 acertei 10 e Ética de 8 acertei 7. Como dito, optei por fazer questões. Toda noite e intervalos durante o dia (como por exemplo horário de almoço e trajeto no coletivo) utilizava para realizar a leitura dos artigos referentes ao Código, Estatuto e Regimento de Ética, bem como os artigos alterados pela reforma trabalhista”.
 
“Já na segunda fase, fiz uma revisão do Direito Material e Processual esquematizado (bem resumido) e praticava 3 a 4 simulados por dia, disponibilizado pelo cursinho online. Usei muito o mapa mental. Na última semana, me dediquei apenas às três peças principais (Reclamação trabalhista, Contestação e Recurso ordinário) ”.
 
 
Como a UJ/professores contribuíram para que obtivesse essa nota:
“Sobre a segunda fase, eu escolhi trabalhar primeiro pela afinidade que adquiri durante as aulas de Trabalho com Vera Mônica e Flávio e posteriormente Processo do Trabalho com Maurício. Depois, ao cursar a matéria de estágio 1, veio a confirmação sobre a minha escolha com as professoras Vera e Cinzia, duas profissionais altamente qualificadas e dedicadas aos seus alunos. A UJ me possibilitou inúmeras oportunidades, tanto na área acadêmica como na área profissional, tendo em vista que foi através dos métodos educacionais aplicados em suas avaliações que pude desenvolver meu senso crítico e desenvolvimento de raciocínio, o que me ajudou muito na construção das teses na prova da OAB e das ações em que já estou desenvolvendo. Não trocaria a Unijorge por nada, se tivesse que cursar novamente seria a minha escolha! ”
 
Tem alguma dica para os estudantes que estão se preparando para fazer o exame?
“Sim, algo que eu aprendi e vou levar para vida é manter a tranquilidade, trabalhar o nervosismo e ansiedade todos os dias, e manter sempre o pensamento positivo. O mais importante no dia anterior para mim é estudar até no máximo 18h00, se alimentar bem e ter uma boa noite de sono. Durante a prova, controlar o nervoso e saber administrar o tempo. Se não souber a resposta, passa para a seguinte, não pode perder tempo procurando algo que nem sabe o que é, deixa para arriscar no final”.
 
Exame da OAB -  Para o coordenador do curso de Direito da UJ, Luis Laurenço, a aprovação no exame da OAB é um dos desafios do curso. “ O aluno tem que começar a se preparar desde os semestres iniciais, não só se dedicando aos estudos, mas também desenvolvendo outras habilidades que consigam associar a teoria à prática jurídica. Dedicação é um diferencial para o sucesso no Exame da Ordem”, destacou.

O professor lembra ainda que, na Unijorge, tais habilidades são trabalhadas com o estudante desde o 1° semestre, o que possibilita uma formação sólida aos alunos e aprovações no exame da OAB ainda durante a faculdade. “Além de garantir um curso de excelência reconhecido pelo MEC com o conceito máximo, ou seja, nota 5”, finaliza Luis Laurenço.  É a Unijorge cumprindo seu compromisso de investir em uma educação de qualidade #vivaessaexperiência!
 
Fonte: Assessoria de Imprensa
Outras notícias
Campus Tancredo Neves - Novo!
Avenida Tancredo Neves, Civil Trade, n 1367 - Caminho das Árvores Salvador-Ba     71 3206-8000
Campus Paralela
Av. Luis Viana, n. 6775, Paralela Salvador-BA CEP:41.745-130     71 3206-8000
Campus Comércio
Prédio III
Rua dos Algibebes, 6/12 Edf. Os Gonçalves - Comércio Salvador-BA CEP: 40.015-060     71 3206-8732
Prédio IV
Rua Miguel Calmon, 42, Edf. São Paulo - Comércio Salvador-BA CEP: 40.015-060     71 3206-8750
Atendimento
Atendimento:
(71) 3206-8000
2007 - 2019. Unijorge. CNPJ: 01.120.386/0001-38. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital