Notícias

“Não se aprende o que não foi entendido”, defende Leonor Guerra na Aula Magna
Publicada no dia 30/08/2019 às 16h57
Qual a relação da aprendizagem com o cérebro? Como o sistema nervoso humano processa informações? O que fazer para apreender conteúdos de forma eficaz e duradoura? Para responder essas e outras perguntas a Unijorge trouxe a Salvador a neurocientista, professora e coautora do livro "Neurociência e Educação: como o cérebro aprende", Leonor Bezerra Guerra. Convidada especial da Aula Magna da UJ, Guerra é taxativa: “não se aprende aquilo que não foi entendido”.

De acordo com a pesquisadora do NeuroEduca, projeto que colabora para o desenvolvimento profissional de educadores em todo o país unindo educação e saúde, é o sistema nervoso que permite o ser humano interagir com o ambiente. Não conseguiríamos, por exemplo, ir à cantina comprar um pão, ou interpretar o que as pessoas falam ao nosso redor, sem o funcionamento do nosso cérebro. É ele o responsável por gerar uma espécie de compartimento adaptativo, que vai registrando nossas experiências e construindo nossa memória. “Memórias são formadas pelas repetições de sinapses e da retroalimentação dos neurônios, com base naquilo que foi experienciado, apreendido pelo indivíduo. Só formamos memória daquilo que prestamos a devida atenção. Uma memória formada no período em que dormimos”, explica.
 
Estratégias de estudo

E já que o sono é um forte aliado para quem quer manter a “memória” daquilo que foi estudado, passar a noite em claro, no lugar de estudar um pouco a cada dia e de forma frequente, não vai ajudar o estudante. Isso porque, segundo a neurocientista, quem estuda em véspera de prova estuda só com a memória de curta duração, o que compromete a “apreensão” desse conteúdo no longo prazo.

Mas então, o que fazer para criar uma rotina de estudos saudável, eficaz e consistente? A gente lista algumas dicas compartilhadas pela professora para dar aquele “up” nos seus estudos:
  • Cuidar da saúde;
  • Praticar exercícios físicos;
  • Ter uma boa noite de sono;
  • Cuidar da alimentação;
  • Repetir estímulos e reativações da sua rede neural;
  • Intercalar os estudos;
  • Abrir a janela do quarto para favorecer a entrada do ar e a circulação do oxigênio no cérebro.
 
E atenção: para quem é adepto dos resumos e anotações, a escritora faz outro alerta: “Resumos e anotações devem ter sentido, e não apenas ser reescritos do conteúdo original.  É preciso encontrar um sentido para criar um registro do que você compreendeu sempre”.
 
Aula Magna
A Aula Magna é um evento gratuito, aberto aos estudantes de todos os cursos, modalidades de ensino e campus da Instituição. A iniciativa compõe a programação de boas-vindas aos discentes no novo semestre da Unijorge.
 
Sobre Leonor Guerra
Médica pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Leonor é Mestre em Fisiologia e Doutora em Biologia Celular. Especialista em Neuropsicologia, criou e coordenou o Projeto de Extensão NeuroEduca na UFMG, com o objetivo de divulgar a neurociência no contexto da educação e da saúde. Atualmente, mesmo fora da UFMG, a especialista continua realizando o trabalho do NeuroEduca. Leonor é autora do livro "Neurociência e Educação: como o cérebro aprende", publicado pela Editora Artmed, 2011.


 
Fonte: Assessoria de Imprensa
Outras notícias
Campus Tancredo Neves - Novo!
Avenida Tancredo Neves, Civil Trade, n 1367 - Caminho das Árvores Salvador-Ba     71 3206-8000
Campus Paralela
Av. Luis Viana, n. 6775, Paralela Salvador-BA CEP:41.745-130     71 3206-8000
Campus Comércio
Prédio III
Rua dos Algibebes, 6/12 Edf. Os Gonçalves - Comércio Salvador-BA CEP: 40.015-060     71 3206-8732
Prédio IV
Rua Miguel Calmon, 42, Edf. São Paulo - Comércio Salvador-BA CEP: 40.015-060     71 3206-8750
Atendimento
Atendimento:
(71) 3206-8000
2007 - 2019. Unijorge. CNPJ: 01.120.386/0001-38. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital