18h19

Capes premia tese de doutorado de professora da Unijorge

Compartilhe
Tamanho do Texto
Professora Andréa VenturaA tese de Doutorado da nossa professora de Gestão Ambiental na modalidade EAD, Andréa Cardoso Ventura, foi escolhida como melhor tese de Doutorado do Brasil no grupo temático “Tecnologias socioambientais, com ênfase no combate a pobreza" do Prêmio Vale-Capes de Ciência e Sustentabilidade, promovido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Segundo a professora Andréa Ventura, a ideia da pesquisa nasceu de sua inquietação sobre como o mundo estava buscando alternativas para enfrentar as mudanças climáticas. Durante seu trabalho de mestrado, ela conheceu vários projetos e ações desenvolvidos para superar os problemas gerados pelas mudanças climáticas no semiárido brasileiro, que, como acontece em todos os semiáridos existentes no mundo, é a área mais vulnerável a essas mudanças.

A partir daí, nasceu o interesse de, na tese de doutorado, mostrar as tecnologias sociais  – práticas e processos desenvolvidos com o conhecimento popular – existentes no semiárido brasileiro para enfrentamento das mudanças climáticas. Na tese, foram mapeadas dez dessas tecnologias e provadas suas contribuições para a melhoria da qualidade da população local.

A pesquisa da professora foi elaborada em pouco menos de quatro anos, sendo a maior parte do tempo no Brasil, com busca de tecnologias sociais, visitas de campo e outras etapas. Uma parte foi realizada em uma temporada na Espanha. 
Tenha mais experiências na Unijorge
Quer mais informações?
Espaço do Colaborador:
2007 - 2020. Unijorge - CNPJ: 01.120.386/0001-38. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital