10h48

Confira entrevista com Brenda Prata, vencedora de concurso da União Europeia

Compartilhe
Tamanho do Texto
Brenda Prata tem 21 anos e muitos sonhos a serem realizados. Ela finaliza o curso de Relações Internacionais neste semestre, e já conquistou uma grande vitória: foi a vencedora da 6ª edição do concurso de monografias da União Europeia. Brenda ganhou uma viagem de estudos para Bruxelas, onde terá uma semana de visita às instituições Europeias, no segundo semestre deste ano. Conheça mais sobre sua história:
    
1. Quando tomou a decisão de cursar Relações Internacionais?
Quando estava no 3° ano. Sempre gostei de ler muito e de histórias, também tenho bastante facilidade em aprender línguas. Gosto da ideia do curso ser multidisciplinar, envolvendo além de história, política, economia e direito, o que permite formar um profissional multifacetado. Também tive como influência uma internacionalista na família que incentivou bastante a prosseguir com minha escolha.

2. Quais são as suas expectativas em relação à atuação na área? Como se vê daqui a 10 anos?
Eu sonho alto, espero um dia me tornar uma Diretora de Relações Institucionais. Não sei se em 10 anos vou conseguir atingir este objetivo, mas planejo estar no caminho.

3. Como a Unijorge tem contribuído com a sua formação?
A Unijorge te dá um apoio para que você não passe a universidade em branco, existem portas abertas e apoio da instituição para quem se esforça e corre atrás. Os professores e coordenação estão sempre dispostos a conversar, partilhar ideias e oportunidades. O curso de RI disponibiliza palestras, como a recente do Embaixador Celso Amorim, o SINU (Simulado das Nações Unidas), o NURI (Núcleo de Pesquisa em Relações Internacionais), do qual participei e através dele pude me voluntariar na Associação Comercial da Bahia, além de difundir oportunidades de estágio e intercâmbio. O incentivo e o conhecimento do perfil dos alunos e no que eles se destacam e tem interesse além da informação do que acontece na área internacional tem levado o curso de RI da Unijorge a trazer grandes resultados. Outros colegas também foram incentivados e participaram de eventos para divulgação dos seus trabalhos, inclusive algumas colegas participaram de um workshop da ONU em Nova York no ano passado.

4. O que a motivou a participar do concurso da União Europeia?
Resolvi me inscrever por conta do incentivo da coordenação do curso de RI. Eles me acolheram muito bem e lembro que no inicio não tive um retorno muito bom em relação ao conteúdo da monografia, mas fui motivada a continuar e melhorar o trabalho a partir das críticas e acabei superando expectativas.

5. Qual foi o tema da sua monografia e quando surgiu a certeza de que queria escrever sobre esse assunto?
Intitulada "Relações Econômicas entre o Brasil e a União Europeia: apostar no Mercosul como interlocutor?”, o texto fala sobre o relacionamento entre Brasil x União Europeia x Mercosul. Minha afinidade com o tema surgiu após meu intercâmbio na Bélgica, onde tive mais contato com livros e docentes que me incentivaram a continuar trabalhando o tema quando retornei.

6. Como foi a emoção de ganhar um concurso deste porte?
Já estava muito surpresa em estar entre os três finalistas. Durante a premiação, em Brasília, fiquei feliz por ficar em 1º lugar. Foi muito emocionante e subi ao palco estática. Apertei a mão do Embaixador da União Europeia no Brasil, João Cravinho, e agradeci bastante. Fiquei muito feliz de ter meu trabalho reconhecido e recompensado dessa forma. Para quem acha que o que fiz é admirável queria deixar a mensagem de que vocês também podem, é só correr atrás, fazer a sua parte e acreditar que as coisas acontecem.
Tenha mais experiências na Unijorge
Quer mais informações?
Espaço do Colaborador:
2007 - 2020. Unijorge - CNPJ: 01.120.386/0001-38. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital