18h09

Engenharia: profissão continua em alta e atrai jovens com perfil dinâmico

Compartilhe
Tamanho do Texto
Seja para liderar os projetos de construção de casas, prédios e obras urbanísticas, seja em laboratórios e plantas industriais, ou ainda comandando grandes máquinas e computadores, os engenheiros continuam sendo profissionais cada vez mais essenciais nas estruturas sociais modernas. Segundo estudo divulgado pela revista Exame em 2016, que ouviu sete especialistas em carreiras, entre as 20 profissões mais promissoras para os próximos 10 anos, cinco delas envolvem profissionais de engenharia.
 
Com uma grande opção de áreas de atuação, as engenharias geralmente atraem jovens com grande raciocínio lógico, boa desenvoltura em cálculos e interesse em ciências. Recentemente, a profissão foi apontada como uma das áreas de maior interesse do alunado baiano. É o que demonstrou uma pesquisa feita com seis mil questionários, por meio do projeto Vivenciando, iniciativa da Unijorge que oferece consultoria, orientação e testes vocacionais para alunos de colégios particulares e públicas do Ensino Médio de Salvador.
 
Para o coordenador dos cursos de Engenharia da Unijorge, Alex Pires, o essencial para formação de um bom profissional é a capacidade de análise. “A Engenharia está presente em setores diversos. Um bom engenheiro pode atuar em qualquer área, desde que possua uma visão analítica. Muitos profissionais têm ocupado cargos de gestão e liderança, o que exige ainda mais a capacidade de gerenciamento de processos”, pontua. Ainda segundo Pires, quem deseja trabalhar nessa área precisa também desenvolver bom relacionamento interpessoal e ir além do conhecimento nos cálculos.
 
Em outro estudo divulgado recentemente pelo portal Quero Bolsa, a Unijorge figura entre as instituições mais lembradas por alunos que desejam cursar algumas das especialidades de Engenharia, comprovando a aderência do conteúdo curricular da instituição às demandas do mercado local.
 
Destaque
As competências exigidas para a boa formação de um Engenheiro foram reconhecidas através do Prêmio Arlindo Fragoso de Tecnologia e Inovação, concedido para o egresso do curso de Engenharia Civil da Unijorge, Diego Mendes. A iniciativa, concedida pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Bahia (Crea-BA), é resultado do projeto ConstruCODE, fundado por Diego e atualmente usado em diversos canteiros de obras de Salvador.
 
Ele destaca o quanto se orgulha dessa conquista e aproveita para elencar os melhores pontos em ser engenheiro. “Essa é uma profissão muito dinâmica e promove constantes descobertas, e o que me fez seguir esse caminho foi a possibilidade de projetar idealizações e sonhos e tornar concreto tudo aquilo que foi projetado”.
 
Estrutura
O futuro engenheiro também precisa ter à sua disposição uma estrutura de qualidade, que conta como um diferencial na formação. Os cursos de Engenharia Mecânica, Engenharia de Produção e Engenharia de Petróleo e Gás, por exemplo, podem contar com o Laboratório de Automação, no qual são os alunos podem desenvolver suas habilidades para projetos, dimensionamento e execução de circuitos hidráulicos e pneumáticos. A Unijorge ainda possui em suas dependências o Laboratório de Máquinas Térmicas, de Máquinas Elétricas e o de Energias Renováveis que, entre outras coisas, possibilita a geração de energia através de placas solares e micro gerador eólico.                
 
“Investimos em diversos diferenciais nos cursos de engenharia, desde a parte de estrutura física e softwares específicos usados pelas empresas, até o fomento às atividades de pesquisa e às visitas de campo. Para Mecânica, por exemplo, damos ênfase às atividades práticas de construção de protótipos. Já para Civil, fomentamos as visitas técnicas a obras e fabricantes de materiais. Tudo isso com um corpo docente altamente qualificado, formado por mais de 70% de mestres e doutores”, ressalta o coordenador dos cursos.
 
Opções
Em 2016, a grande procura pelas graduações em Engenharia fez com que a Unijorge expandisse os cursos também para o campus Comércio, sendo, ao total, oito tipos de engenharia ofertados: Engenharia Civil, Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia Elétrica, Engenharia da Computação, Engenharia de Petróleo e Gás, Engenharia Mecânica, Engenharia Química e Engenharia de Produção. As formas de ingresso nos cursos, bem como a grade curricular e a ementa das disciplinas, podem ser consultadas no site da instituição, no endereço: www.unijorge.edu.br.
 
 
 
 
 
Tenha mais experiências na Unijorge
Quer mais informações?
Espaço do Colaborador:
2007 - 2020. Unijorge - CNPJ: 01.120.386/0001-38. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital