14h42

Professora da UJ propõe atitudes positivas e empoderamento para encarar o câncer de mama

Compartilhe
Tamanho do Texto

O câncer de mama é uma doença que acomete mulheres em todo o mundo, sendo uma das enfermidades mais comuns para o gênero feminino. Há vários anos o Outubro Rosa tem sido uma ferramenta importante para marcar a importância do diálogo sobre a doença e a quebra de tabus sobre o tratamento e a prevenção do câncer mamário.

O que pouco se fala é sobre o processo pelo qual as mulheres que enfrentam o câncer passam para encarar a doença. Além da parte física e do fortalecimento da imunidade, também é muito importante a parte emocional, de suporte e apoio da família e amigos, além da própria força de vontade da paciente.

Para dar força e esperança a todas as mulheres que estão passando por esse momento, queremos trazer o depoimento de uma guerreira, que enfrentou o câncer de mama e, hoje, trabalha para ajudar outras mulheres a passarem por essa fase de cabeça erguida e acreditando em dias melhores. A história inspiradora que trazemos é da professora da Unijorge e coordenadora do NUTEAD, Josilane de Oliveira Amorim. Através de suas palavras e das suas dicas, desejamos que outras mulheres se sintam fortalecidas e inspiradas. Acreditar em si é preciso!

“Quando recebi o diagnóstico de câncer de mama, construí um filme na minha mente de como eu iria enfrentar as pessoas, a perda da mama, a queda de cabelo e a reação da quimioterapia. Comecei a planejar a minha vida, visto que eu não sabia quanto tempo teria, aliás, ninguém sabe. Pensei, primeiro, como iria ficar minha aparência sem mama e sem cabelo. Depois, lancei alguns objetivos: enfrentar o medo da doença, enfrentar a vergonha de perder os cabelos e o estigma da perda da mama e enfrentar a ‘pena’ que as pessoas teriam ao se depararem com o meu estado. Por isso é extremamente importante saber lidar com esses sentimentos, pois a nossa mente conduz o nosso comportamento. A participação da família, do companheiro ou companheira traz uma segurança e fortaleza para a pessoa diagnosticada com câncer de mama.”

Veja algumas dicas da professora Josilane que podem ajudar nesse momento de superação para pacientes com câncer de mama:

  • Mude suas prioridades. Tenha consciência de que você é a pessoa mais importante da sua vida.
  • Você é o que você pensa! Cultive pensamentos de esperança para a vida.
  • Lembre-se de que essa é apenas uma fase, ela vai passar.
  • Todos os dias, diante do espelho, diga: O que eu posso fazer para ser mais feliz hoje?
  • Use acessórios como chapéus, lenços e perucas, criando seu próprio padrão de beleza.
  • Mantenha o movimento na sua vida! A atividade física será sua grande aliada para aumentar sua autoestima.
Tenha mais experiências na Unijorge
Quer mais informações?
Espaço do Colaborador:
2007 - 2020. Unijorge - CNPJ: 01.120.386/0001-38. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital