Por Unijorge Admin | 28/01/2019

Aluna da Unijorge tem poesia selecionada em prêmio internacional

Fonte: Unijorge

Entre os dias 01 e 15 de fevereiro, o Centro de Cultura da Câmara Municipal de Salvador recebe a sétima edição da ARTEXPO. A exposição, conta com uma homenagem a 35 poetas e poetisas baianas que participaram do prêmio Giuliano Ottaviani. A premiação permite aos poetas selecionados estreitarem relações com os artistas participantes da Bienal de Spoleto, na Itália.

Marluce Persil, aluna do curso de história da Unijorge, está entre os homenageados. A discente, que já tem suas obras vencedoras em diferentes premiações, relata que este prêmio traz um leque maior de visibilidade para sua produção textual. “Em 2018, fui premiada três vezes a nível nacional, e uma a nível internacional. Em se tratando da Bienal de Spoleto, estou fazendo um contato com o exterior e percebo que minha poesia está quebrando barreiras e chegando a outras pessoas. A identificação do público com a minha arte é algo bastante positivo, ainda mais se tratando de um concurso internacional”, pontua.

A poesia selecionada de Marluce é intitulada “Inútil Guerra”. Confira na íntegra:

Inútil guerra
Depois daquela guerra em que os homens não se achavam iguais:
cruzes pediam paz
vítimas coloriam os jornais
e eu… já não me achava mais!
E naquele estranho dia que metal chovia
provocando singela assepsia
quase me esqueci da perversa mão fria que engatilhou a hemorragia.
Ali se presenciou o ecoar da dor
era negro o sol quando o galo cantou
flores caiam
e árvores nem frutos mais tinham…
a terra secou
como os embriões nos ventres torturados.
Egocêntricas armas
egocêntricas falhas!
deixem  o poder morrer
deixem o ser viver!

Voltar para notícias