Por Carine Lima | 05/10/2022

Seminário de Mobilização e Sensibilização para Prevenção e Combate à Corrupção

Fonte: ACADEPOL

A ACADEPOL (Academia de Polícia Civil) realizará o Seminário de Mobilização e Sensibilização para Prevenção e Combate à Corrupção, em atendimento a meta 4 do Convênio Federal nº 891196/2019, com o objetivo geral de discutir a participação do cidadão na fiscalização e combate à corrupção.

 

Neste contexto, no próximo dia 11/10/2022 teremos a honra de receber esse evento no Auditório Zélia Gattai, na Unijorge Campus Paralela, que estará aberto para participação de nossos alunos e colaboradores. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas através do link ou no local. As vagas são limitadas e as presenças certificadas.

 

Entre os assuntos que serão abordados estão o impacto da corrupção na vida do cidadão. Também serão debatidos os aspectos práticos da improbidade administrativa, as principais características sobre as fraudes diversas e como combatê-las, além de abordado o papel do cidadão na fiscalização e combate à corrupção, pela perspectiva do cumprimento dos princípios da administração pública.

 

 

Confira os palestrantes:

 

 

Cristiano Lázaro Fiúza Figueiredo

Graduação em Direito. Pós-graduação em Ciências Criminais. Doutorando em Direito Penal. Mestre em Políticas Sociais e Cidadania. Atua como advogado, consultor e monitor. Possui larga experiência na área acadêmica, sendo docente de graduação e pós-graduação. Exerce a direção do CL – Centro de Estudos Jurídicos, além de ter experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Penal, Criança e Adolescente, Direito Eleitoral, Direito Administrativo e Direitos Humanos.

 

 

Franklin da Silva Peixinho
Bacharel em Direito e possui Licenciatura em História. Doutor em Ciências Jurídicas e Sociais, Doutorando em Difusão do Conhecimento, Mestre em Gestão de Políticas Públicas e Segurança Social. Mestre em História da África, da Diáspora e dos Povos Indígenas e Pós-graduado em História e Cultura no Brasil. Possui especialização em Ciências Criminais e em Direito Constitucional. Possui larga atuação na área acadêmica.

 

 

 

Voltar para notícias