22/03/2024 | 17:00 pm

Oportunidades de arreira após um curso de Engenharia Elétrica

O final da trajetória na graduação em Engenharia Elétrica não é apenas um momento de celebrar essa grande conquista, mas também de projetar as possibilidades e oportunidades na carreira. Após 5 anos de estudos e pesquisa na universidade, a entrada no mercado de trabalho é o momento para colocar em prática todo o conhecimento obtido.

 

O curso de Engenharia Elétrica, não diferente de outros cursos na área da Engenharia, é bastante concorrido, sendo considerado um sonho para muitas pessoas. No entanto é comum chegar ao fim dessa jornada com incertezas sobre o próximo passo de desenvolvimento pessoal. Se esse é o seu caso, fique tranquilo: neste artigo, nós listamos as principais oportunidades de carreira para quem está concluindo um curso de Engenharia Elétrica. Aproveite a leitura!

 

Principais profissões para graduados em Engenharia Elétrica

 

Setor automotivo

 

O setor automotivo tem passado por uma revolução nos últimos anos, especialmente com a crescente demanda por veículos elétricos. Os engenheiros eletricistas desempenham um papel fundamental na pesquisa, desenvolvimento e produção desses veículos. Eles projetam sistemas de propulsão elétrica, baterias de alta capacidade, sistemas de carregamento e eletrônica embarcada.

 

Um engenheiro eletricista que escolhe trabalhar na indústria de VE pode estar envolvido na otimização da eficiência energética, no desenvolvimento de novas tecnologias de bateria, no aprimoramento de sistemas de direção autônoma e na criação de redes de recarga eficazes. Os salários nesse setor são competitivos, e as oportunidades de inovação são abundantes.

 

Construção civil

 

Outra área importante para engenheiros eletricistas é a construção civil, onde eles desempenham um papel fundamental especialmente na criação de grandes obras, como hidrelétricas e instalações industriais. Os engenheiros eletricistas projetam sistemas elétricos de alta tensão, automação e controle para garantir o funcionamento seguro e eficiente dessas instalações.

 

Na construção civil, os engenheiros eletricistas podem se envolver em projetos de grande escala, contribuindo para a infraestrutura crítica que fornece eletricidade e serviços essenciais para as comunidades. Isso pode incluir o planejamento e a implementação de sistemas de energia renovável e a gestão da distribuição de energia em grande escala.

 

Energia renovável e sustentabilidade

 

À medida que o mundo busca soluções sustentáveis para os desafios energéticos e ambientais, aumenta a demanda por profissionais de engenharia elétrica na indústria de energia renovável. Eles atuam projetando sistemas de geração de energia, como painéis solares, turbinas eólicas e sistemas de armazenamento de energia. Além disso, trabalham no desenvolvimento de tecnologias de integração de redes elétricas inteligentes, garantindo a transição suave para fontes de energia limpa.

 

Os engenheiros eletricistas que optam por seguir carreiras na energia renovável contribuem para a redução das emissões de carbono, o uso mais eficiente dos recursos naturais e a construção de um futuro mais sustentável.

 

Indústria de tecnologia e eletrônica de consumo

 

Com a constante inovação tecnológica, a indústria de tecnologia e eletrônica de consumo cresce e oferece mais oportunidades profissionais para engenheiros eletricistas. Eles estão envolvidos na criação de dispositivos eletrônicos, como smartphones, tablets, sistemas de entretenimento doméstico e muito mais.

 

Os engenheiros eletricistas trabalham no projeto de circuitos, sistemas de comunicação sem fio e tecnologias de consumo avançadas, garantindo que esses dispositivos sejam seguros, eficientes e capazes de atender às crescentes demandas dos consumidores por inovação e conectividade.

 

Leve em consideração que, para exercer a profissão de engenheiro eletricista no Brasil, é essencial obter a inscrição no Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (CONFEA). O CONFEA é o órgão responsável por regulamentar e fiscalizar o exercício da engenharia, garantindo que os profissionais atuem de acordo com padrões éticos e técnicos.

 

A inscrição no CONFEA é um requisito para exercer a profissão legalmente, e os engenheiros eletricistas que desejam atuar no mercado devem realizar essa inscrição. Além disso, o CONFEA oferece recursos e suporte aos profissionais registrados, promovendo o desenvolvimento contínuo da carreira.

 

Carreira acadêmica em Engenharia Elétrica

 

O graduado em Engenharia Elétrica pode ir além do mercado de trabalho! Para aqueles que desejam seguir uma carreira acadêmica, a engenharia elétrica também oferece uma ampla gama de oportunidades. Como pesquisadores e educadores, os engenheiros eletricistas contribuem para o avanço contínuo da disciplina e ajudam a formar a próxima geração de profissionais.

 

Os engenheiros eletricistas que escolhem a carreira acadêmica podem trabalhar como professores em universidades e instituições de ensino técnico, onde ministram aulas, supervisionam pesquisas e orientam estudantes de graduação e pós-graduação. Além disso, eles têm a oportunidade de realizar pesquisas inovadoras em suas áreas de especialização, contribuindo para o desenvolvimento de novas tecnologias e conhecimentos.

 

Pós-graduação: o próximo passo na qualificação pessoal

 

Seja em âmbito acadêmico ou profissional, a pós-graduação oferece uma oportunidade valiosa para engenheiros eletricistas aprofundarem seus conhecimentos e adquirirem habilidades adicionais. Uma área de estudo que tem ganhado destaque nesse sentido é a Engenharia de Avaliação e Perícia, que busca otimizar a atuação de engenheiros na avaliação de sistemas elétricos, dispositivos e processos para garantir sua segurança, eficiência e conformidade com regulamentos.

 

Dessa forma, os engenheiros eletricistas que se especializam em Avaliação e Perícia contribuem para evitar prejuízos econômicos, ações judiciais e danos às imagens corporativas, agindo na manutenção de uma boa dinâmica na construção civil, que age conforme os princípios legais de segurança e bem-estar. A Unijorge oferece a Especialização em Engenharia de Avaliação e Perícia em parceria com o IBAPE (Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias), garantindo o que há de mais atual no setor para os estudantes.

 

Conclusão

 

À medida que a tecnologia elétrica continua a desempenhar um papel fundamental em nossa sociedade, as perspectivas para engenheiros eletricistas são promissoras e repletas de oportunidades de inovação. Seja nas diversas áreas do mercado ou na pesquisa acadêmica, os graduados em Engenharia Elétrica têm um futuro brilhante à sua espera, onde podem contribuir para um mundo mais eficiente e sustentável.

 

Está convencido que a Engenharia Elétrica é a área ideal para você? Embarque nessa jornada com a Unijorge! Nossos alunos têm à disposição um corpo docente qualificado, que proporciona uma experiência única voltada para a prática, repleta de projetos de extensão para enriquecer sua trajetória universitária. Visite nosso site e conheça mais sobre o curso!

X

X

Oi, como posso te ajudar?

ESCOLHA UMA DESTAS OPÇÕES E FALE COM A GENTE:

WhatsApp
Nosso chat
0800-024-6172
hubspot controller